Em Reunião Descentralizada, CEAS-PR redige Carta de Foz do Iguaçu
22/11/2022 - 14:13

O CEAS/PR realizou nos dias 10 e 11 de novembro do corrente ano a segunda reunião descentralizada e ampliada do Conselho. O palco do evento foi a cidade de Foz do Iguaçu, que recebeu cerca de 300 participantes, dentre eles conselheiros estaduais e municipais de Assistência Social, equipes de referência dos equipamentos e serviços socioassistenciais de diversos municípios paranaenses, e usuários da Política Pública de Assistência Social.

A reunião contou com uma programação ímpar, organizada com o objetivo de aprimorar as ações de controle social no estado. O primeiro tema foi abordado por Aldenora Gomes Gonzales, a respeito do Fórum de Usuárias/os do SUAS, integrando a coordenação desta mesa, contou-se com Alexan Carlos Goes, representante do Segmento de Usuários/as do SUAS e Andressa Pires Martins Santana representando o Segmento dos Trabalhadores do Setor.

O segundo momento contou com uma rica reflexão sobre os Desafios do Controle Social: Planejamento e Organização sendo apresentado por Silmara Carneiro e Silva, contando com o apoio de Carlos da Silva (Usuário do SUAS) e Ticyana Paula Begnini (Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho), como coordenadores da mesa.

A terceira mesa foi composta por Jacson Henrique Gatelli, respresentante do CMAS de Foz do Iguaçu; Renata Mareziuzek dos Santos, representante do CEAS/PR; Simone Gomes, representante do CNAS; e Elias de Sousa Oliveira, representante do CONGEMAS, sobre o Papel dos Conselhos frente a Fiscalização e Monitoramento dos Serviços Socioassistenciais. A mesa foi coordenada por Cleny Thomas Maciel representando o Seguimento usuárias/os do SUAS e por Adrianis Galdino Júnior como representante do Seguimento de Trabalhadores do Setor.

A reunião realizada em dois dias também contou com espaço reservado para a fala e contribuição dos conselheiros de assistência social presentes e também para a realização da Plenária Aberta.

O objetivo do encontro, além de ampliar o alcance das reuniões do CEAS/PR, também resultou em um debate democrático apontando discussões sobre temas relevantes para o fortalecimento do SUAS e amadurecimento das ferramentas técnicas e operacionais para se trabalhar o controle social do Estado do Paraná. Refletindo também acerca do Controle Social, sobre os desafios pós período de pandemia, que exigem maior adequação na gestão dos serviços, planejamento e organização, garantindo a Proteção Social e as ações socioassistenciais dentro do trabalho em rede.

Para além disso, é importante ressaltar a importância da vigilância socioassistencial, como aprimoramento das funções de monitoramento institucional, facilitando a gestão, avaliação e demais políticas públicas de Assistência Social, juntamente aos seus serviços, programas e benefícios. As discussões e os encaminhamentos foram sintetizadas por meio da elaboração da Carta Aberta de Foz do Iguaçu, sendo possível acessar o conteúdo integral por meio da Deliberação 072/2022, disponível AQUI .